sexta-feira, 18 de maio de 2012

Diagnóstico

Hoje,ao fim de quase um ano, tive o diagnóstico do que me fez, entre outras alterações, aumentar de peso ao longo do último ano. As notícias não foram óptimas, mas podiam ter sido bem piores e estava pronta para isso.

Fiquei a saber que o problema que tenho,entre outra série de coisas, faz-me aumentar de peso, mesmo com todos os cuidados que tenho com a alimentação e com a prática regular de exercício físico. E a prova que tenho realmente esses mesmos cuidados são os valores de colesterol, triglicerídeos, glicose, etc, óptimos nas análises ao sangue.

É claro que custa um bocado fazer restrições, ver toda a gente à minha volta a comer uma coisinha ou outra a mais e eu sempre em dietas. Aliás, desde a minha adolescência que ando continuamente em dietas, só que antes conseguia-me manter magra e agora já não é bem assim. Mas também não sou propriamente obesa, tenho é mais uns quantos quilos do que devia/queria.

Mas fora questões de peso, o resto parece que se consegue controlar relativamente bem e,em princípio, não vou ter grandes problemas no futuro, seguindo o tratamento que me foi aconselhado.

Estou mais aliviada por ter chegado finalmente a um diagnóstico e, apesar de tudo, que todos os problemas se resumam a estar um bocadinho mais gordinha do que gostava.

4 comentários:

apenas umas letras disse...

olá. espero que venças esse problema e que o exercício físico te ajude a ter maior qualidade de vida. Eu deixei de comer bolos todos os dias, de comer chocolates ( cafés já bebia pouco, na altura ) desde que umas análises acusaram o ácido úrico ou ureia. E sabes que mais? sinto-me bem por não comer chocolates todos os dias, e por não comer bolos todos os dias. quando os como, sinto mais prazer do que antes. exercício não faço...só ando a pé, lol. beijos e um abraço. bom fim de semana. Gordura é formosura.

Katia disse...

a saúde é muito importante. fico feliz por estar tudo bem querida =)
bjs*

Lacorrilha disse...

Graças a Deus que não é nada mais grave. Olha que o meu colesterol também não anda nada famoso.
Beijocas

W a l k e r * disse...

Ter conhecimento do diagnóstico trouxe-te uma certa paz pois finalmente se identificou o problema que tinhas. Tenho a certeza que não é fácil para ti sentires uma certa impotência quanto ao peso, mas acho que conseguindo regular minimamente os níveis hormonais e com o exercício e alimentação que tens praticado os resultados se vejam :) Já pensaste em terapias alternativas? Não sei mas pode ser que ajudem, não curam mas mal também não devem fazer. Procura todos os caminhos possíveis, por vezes, existem grandes surpresas :) Aos meus olhos és linda, linda, linda!