sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bom ano para todos*

2010 foi um bom ano de uma forma global..Houve alguns contratempos, algumas tristezas, mas penso que foram bem compensadas por todos os momentos bons, que também existiram. E, para 2011, o que quero mesmo mesmo é saúde para mim e para a família, estar feliz e ver as pessoas que me rodeiam felizes e ter um ano calmo, equilibrado e a concretizar o que realmente desejo.

UM ÓPTIMO 2011 PARA TODOS!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Reencontro

Uma já não via há quase 5 anos e outra há uns meses..Gostei tanto de as ver =') Chegamos à conclusão que estamos todas na mesma, a conversa não mudou quase nada, os sorrisos, a cumplicidade, tudo igual às 3 meninas que partilharam 11 anos de aulas de ballet. A pouca diferença é que uma é quase médica, outra está a meio do curso de veterinária e a outra é quase psicóloga londrina. Tenho muito orgulho nelas, no que já ultrapassaram (e não foi pouco) e são aquelas pessoas que eu penso quando quero tentar ser melhor a nível humano e profissional. Um exemplo que eu, sem dúvida, devo e quero seguir. Obrigada =')

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Shame on me

No final de 2009 fiz uma listinha com 48 coisas que gostaria de fazer, mudar em mim, alterar para melhor, etc em 2010. Hoje tive a ver essas mesma listinha e a fazer "check" nas coisas que realmente fiz, nas que foram mais ou menos punha um visto com um traçinho e nas que não fiz, uma cruz. Assustei-me assim um bocado para o muito, uma vez que já não me lembrava bem da lista (já foi há um ano..) e das 48 só fiz mesmo 11!! E uma meia dúzia foi mais ou menos. Sou a vergonha das vergonhas! (nada de novo, portanto lol). E as coisas da lista não eram propriamente coisas impossíveis, bastante banais, até.

É incrível, é sempre assim: vou fazer isto,vou fazer aquilo, depois o tempo aperta e lá se foram as promessas todas pela sanita abaixo. Eu sei que sou assim, sempre fui e sempre serei. E sempre que tento mudar, parece que pioro mais um bocadinho xD

Este ano ainda estou a ponderar se faço ou não lista. Talvez faça, para daqui a um ano estar aqui toda contente a dizer que afinal sempre um mudei um bocado e que, em vez das 11 em 48, já passei para 15 em 48 =) Já era um avanço!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

=)


Riscar tudo o que já fez. (Encontrei num blog há um tempo atrás..desculpem não citar a fonte, mas já não sei ao certo.)


01. Pagar bebida pros seus amigos. (desde que não abusem..=P)
02. Pegar num tubarão.
03.Dizer "amo-te" de verdade.
04. Abraçar uma árvore. (huuuggg)
05. Achar que vai morrer. (já tive cada coisa..)
06. Ficar acordado a noite inteira e ver o nascer do sol. (noites de verão =)
07. Não dormir por 24hrs. (viagens de estudo do secundário lol)
08. Cultivar e comer os teus próprios vegetais. (ainda hoje xD)
09. Dormir sob as estrelas. (uma sesta)
10. Mudar a fralda de uma criança. (irmã mais velha faz isso =)
11. Ver uma estrela cadente.
(muitas, até)
12. Ficar embriagado. (no comments)
13. Doar coisas pra caridade.

14. Olhar para o céu e achar o cruzeiro do sul.
15. Ter um ataque de riso na pior altura possível. (sempre! lembro-me dos ataques de riso nas aulas xD)
16. Fazer uma luta de comida.
17. Apostar e perder. (acontece lol)
18. Convidar um estranho para sair.
19. Fazer guerrinha de papel. (aulass)
20. Gritar o mais alto que puder.
20. Pegar num cordeiro.
(sim, são tão fofos!)
21. Andar de montanha russa (em montes delas =P adoro!)
22. Dançar como um louco e não se preocupar se estão olhando.
(eheh)
23. Falar com sotaque por um dia inteiro.
24. Estar mesmo feliz com a tua vida. (e é tão bom!)
25. Ter dois hard drives para o computador.
26. Conhecer o teu país. (podia e devia conhecer melhor)
27. Cuidar de alguém embriagado. (também acontece =)
28. Ter amigos fantásticos. (=D)
29. Dançar com um estranho.
(úhh)
30. Roubar uma placa/sinal de trânsito.
31. Fazer um passeio de noite na praia. (no verão até faço vários)
32. Ficar de coração partido mais tempo do que se esteve realmente apaixonado.
(e não é nada bom)
33. Sentar na mesa de um estranho num restaurante e comer com ele.
34. Imitar uma vaca.
(múuuu)
35. Fingir que se é um super-herói.
36. Cantar karaokê. (tenho 3 jogos do singstar xD)
37. Mergulhar.
(gosto!)
38. Beijar na chuva. (muah)
39. Brincar na lama.
40. Brincar na chuva.
41. Apaixonar-se e não ficar de coração partido. (=)
42. Visitar locais ancestrais.

43. Fazer uma arte marcial.
44. Entrar num filme.
45. Ser penetra numa festa.
46. Ficar sem comer 5 dias.
47. Fazer um bolo sozinho.
48. Fazer uma tatuagem.
(as minhas estrelinhas)
49. Receber flores sem razão.
50. Representar num palco. (ballet e teatro)
51. Gravar música.

52. Ter um caso de uma noite.
53. Guardar um segredo. (imensos)
54. Cantar bem alto no carro e não parar quando perceber que tem gente olhando. (muitas vezes quando estou feliz lol)
55. Sobreviver a uma doença em que se podia ter morrido. (verdade)
56. Perder dinheiro.
57. Cuidar de alguém com dor de cotovelo.
58. Fazer uma festa legal.
59. Partir o coração de alguém. (=(
60. Fazer um piercing. (só nas orelhas, 2)
61. Andar de cavalo.
(quase 5 anos)
62. Fazer uma grande cirurgia.
63. Comer sushi.
64. Ter uma foto sua num jornal. (sim, na primária! e por causa do ballet umas 2 vezes)
65. Mudar a opinião de alguém sobre alguma coisa em que acreditas profundamente.

66. Fazer de um insecto um animal de estimação.
67. Seleccionar um autor importante que não trabalhou na escola e lê-lo.
68. Comunicar com uma pessoa sem partilharem uma língua comum.
69. Escrever a sua própria linguagem no computador.
70. Pensar que está vivendo um sonho. (também vai acontecendo..)
71. Pintar o cabelo
72. Salvar a vida de alguém

Se alguém quiser fazer, força =)

beijinho*

Voltei!


Decidi-me a não abandonar o blog! Tenho demasiada pena e ainda contínuo a gostar destas andanças. As pausas também são necessárias, quando as coisas não parecem tão bem e, como fiquei com saudades, foi o sinal que devia voltar!

Como já repeti isto algumas vezes, quando comecei este blog, foi com a ideia de ser completamente anónima no meio da net. É claro que alguém podia descobrir o blog e achar que era eu a escrever, mas não queria que ninguém tivesse a certeza que era eu. Mantive-me assim uns 4/5 meses até que os meus pais descobriram uma dia que eu tinha um blog e começaram a acompanhá-lo. (tanto é que o meu pai de vez em quando manda a boquinha : "costumo ler o teu blog", como quem diz "não escrevas nada que não seja para eu saber" xD e até criou este blog, mas acabou por não escrever nada -.- Afifadelas e deles). Depois também ficaram a saber alguns amigos e, tenho quase a certeza, algumas pessoas da minha faculdade também acabaram por dar com este cantinho.

Apesar de eu não andar aqui a escrever mentiras, nem coisas estúpidas, há certas coisas que sei que não quero e não devo escrever. Uma coisa era eu ser anónima e desabafar sobre um assunto, de forma genérica e sem ninguém saber de nada. Outra é desabafar sobre temas que podem envolver algumas das pessoas que lêem o blog e, de forma legítima, podem não gostar, assim como eu também acho que não gostaria. Esses posts acabam por ficar no rascunho bem arrumadinhos. Tem de ser assim :)

E sendo assim, momentos escritos está para ficar =)
beijinhos**


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Estou a pensar fechar o blog..não tenho tido cabeça para escrever por aqui e mesmo quando escrevo,já há um tempo para cá, que é quase só sobre coisas da faculdade e pouco mais. Não são coisas propriamente interessantes para pessoas de outras áreas, i know it. Como já tinha referido no post anterior, não ando muito bem e também não quero transformar isto num blog pseudo depressivo. De forma que, ainda estou a decidir se apenas fico sem aqui escrever durante uns tempos, ou se acabo por fechá-lo de vez. Tenho pena, porque gostei do tempo que tive este cantinho, de ir pondo os bocadinhos da minha vida, nestes quase 3 anos, e de ler os vossos comentários.. Mas também não quero andar a escrever aqui só porque sim..

De qualquer forma, pretendo continuar a ler os vossos blogs, e a comentar e essas coisas todas =)

beijinho e vemo-nos por aí*

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Sinto-me cansada.Não só fisicamente, mas mentalmente também. Não ando numa fase muito boa, e não tem directamente a ver com o post escrito anteriormente. Simplesmente não ando nos meus melhores dias. Estou farta destas semanas em que não páro..claro que o feriado é bom, mas eu andei a compensar as aulas dos feriados e a ter dias ainda mais sobrecarregados do que o costume.Que lógica é que isto tem?? E amanhã, para variar, tenho de estudar.

Mesmo nos dias que poderia sair um bocadinho, arejar, não me tem apetecido. Acabo sempre por ficar em casa (é claro que o tempo também não ajuda). E pronto, basicamente ando um bocado triste de uma forma geral, sem ter um motivo muito específico para tal, a não ser algumas desilusões. Não ando com vontade de fazer nada de nada, mas depois a consciência pesa, e lá faço o que tenho a fazer, ainda que com mais algum esforço. Eu sei que isto comigo é sempre temporário, mas enquanto dura, custa. É caso para dizer "não gosto de me ver triste".




domingo, 5 de dezembro de 2010

É a vida, é o que dizem.

São sempre momentos tristes. Independentemente da proximidade maior ou menor com a pessoa. Mas, quando nos é muito próxima, como foi no caso do meus avós, a sensação é completamente diferente, é certo. O aperto que se sente no peito, a sensação de ter as lágrimas sempre a escapar, a emoção mesmo à flor da pele. O "não querer que aquele dia inevitável chegasse", mas saber que vai acabar por chegar, porque, infelizmente as pessoas não duram para sempre. Foram momentos difíceis, naquele mês de agosto em que os meus avós partiram, e mesmo agora ainda há alturas que custa um bocadinho. Felizmente, nunca passei pela morte de um familiar chegado ainda novo, porque nesse caso, acredito que a dor seja muito maior..e espero que nunca venha a passar por isso.

Isto tudo para dizer que, neste dia triste de Outono-Inverno, acabei de chegar de mais um velório. Já lá vão uns quantos,infelizmente, a família vai ficando mais pequenina..e espero que tão cedo não tenha mais "surpresas" destas.

beijinho*

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Momento musical #7

MGMT - Time to pretend

I'm feeling rough, I'm feeling raw, I'm in the prime of my life.
Let's make some music, make some money, find some models for wives.
I'll move to Paris, shoot some heroin, and fuck with the stars.
You man the island and the cocaine and the elegant cars.

This is our decision, to live fast and die young.
We've got the vision, now let's have some fun.
Yeah, it's overwhelming, but what else can we do.
Get jobs in offices, and wake up for the morning commute.

Forget about our mothers and our friends
We're fated to pretend
To pretend
We're fated to pretend
To pretend

I'll miss the playgrounds and the animals and digging up worms
I'll miss the comfort of my mother and the weight of the world
I'll miss my sister, miss my father, miss my dog and my home
Yeah, I'll miss the boredom and the freedom and the time spent alone.

There's really nothing, nothing we can do
Love must be forgotten, life can always start up anew.
The models will have children, we'll get a divorce
We'll find some more models, everything must run it's course.

We'll choke on our vomit and that will be the end
We were fated to pretend
To pretend
We're fated to pretend
To pretend

Yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah

Tantas vezes que tento imaginar o meu futuro, como vai ser, o que vou ter e o que não vou ter.. É lógico que, ao contrário desta música, não me imagino a snifar coca, nem a viver permanentemente em festas lol

Mas gosto desta música, faz-me sempre lembrar estrelas rock em ascensão (úhh sexy lol), rebeldia, festivais, concertos, diversão, festas e essas coisas todas que gostava que estivessem mais presentes na minha vida. (snif)

E o que adorava mesmo muito muito era ir vê-los a Lisboa dia 18 de Dezembro..ninguém me quer dar o bilhete? xD

beijinho and enjoy the music!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Anti-futebol

Não gosto de futebol, para ser mais precisa detesto futebol. Toda a gente que me rodeia, e que me conhece minimamente bem, sabe disso, até porque costumo dizê-lo alto e a bom som para toda a gente ouvir bem. Assim sendo, e partindo do propósito que há pessoas que me conhecem, não percebo porque contínuo a receber sms de piadinhas sobre jogos que não vi nem quero saber, mails com conteúdos que também não me interessam nem vão interessar, conversas sobre este mesmo tema, etc etc.. Que nervos!

Até para aí aos meus 12/13 anos gostava bastante,jogava na escola, via alguns jogos..e porque deixei de gostar?

- Não gosto das discussões por causa do futebol, parece que tudo perde a cabeça;

- Acho completamente medieval que claques andem a matar-se uns aos outros por causa de jogos e rivalidades entre clubes! Por amor de deus..

- Não compreendo as montanhas de dinheiro envolvido;

- Não tenho paciência para a corrupção para aqui e para lá..

- Existem mais desportos no mundo além do futebol..e muitos deles são completamente ignorados, mesmo quando o país ganha alguma coisa ou se destaca.É simplesmente injusto. Já com o futebol, basta um jogador falar que já pára tudo;

- E o tempo do telejornal dedicado a "desporto"? resume-se praticamente a futebol.

- E as pessoas que ficam de mau-humor ou se chateiam porque o clube perde? não tenho mesmo a mínima paciência..

Chamem-me snobe, chamem-me o que quiserem, mas além de não gostar nada, irrita-me que tentem sempre meter conversa ou referir o tema, ou continuar a insistir com uma coisa que já não posso ver à frente. De uma vez por todas não quero sabes se o porto ganhou ou perdeu, se o campeonato acaba hoje ou amanhã, quem vai à frente e quem vai atrás. The end.

ps: uff,sinto-me muito melhor agora =P

domingo, 28 de novembro de 2010

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Dores nas costas!

Comecei com isto no final do ano lectivo do ano passado, de vez em quando ficava com dores na região cervical, que acabavam por ir passando.. Este ano isto piorou bastante! Tenho fases (hoje, por exemplo) que fico aflita com isto, tenho dores e sinto como se tivesse uma pressão constante na região correspondente a uma determinada vértebra cervical (a nível de C6 ou C7, não tenho a certeza) e sempre que mexo o pescoço estala imenso..

Eu tenho quase a certeza que é um problema postural, de estudar muitas horas com a cabeça para baixo, de estar horas e horas de pé =S Hoje custou-me bastante porque tive uma aula em que estive cerca de 3h30 de pé, quase parada, a fazer a necrópsia semanal e de manhã também já tinha estado de pé e tendo em conta que neste momento estou a fazer um trabalho sentada na secretária, isto não está fácil. Não sei se hei-de ir ao médico ver isto, sei que devia tentar mudar algumas posições e até tento, mas passado pouco tempo esqueço-me e volto ao mesmo.. Enfim. Valha-me a paciência (e alguns analgésicos, vá. E já que estou a fazer um trabalho de farmacologia, uma morfina a correr-me na veia até que não era má ideia lol)

Beijocas*

ps: greve? qual greve? saí de casa às 7h e regressei às 19.30h. É que nenhum dos meus profs nos deu esse miminho -.- tótós, é o que tenho a dizer lol!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Happy!

Eu não me acredito que tive 20 nisto! Viva mesmo o joãozinho =D

domingo, 21 de novembro de 2010

Momentos musical #7

Horchata- Vampire Weekend

In December drinking horchata
I'd look psychotic in a balaclava
Winter's cold, it's too much to handle
Pincher crabs that pinch at your sandals.

(Whoaaaaa ooooh)

In December drinking horchata
Look down your glasses at that aranciata
With lips and teeth to ask how my day went
Boots and fists to pound on the pavement
Here comes a feeling you thought you'd forgotten
Chairs to sit and sidewalks to walk on

(Whoaaaaaa ooooh)

You'd remember drinkin horchata
You'd still enjoy it with your foot on masada

Winter's cold, it's too much to handle
Pincher crabs that pinch at your sandals
Here comes a feeling you thought you'd forgotten
Chairs to sit and sidewalks to walk on
Ooh you had it but oh no you lost it
Lookin back you shouldn't have fought it

In December, drinkin horchata
I'd look psychotic in a balaclava
Winter's cold, it's too much to handle
Pincher crabs that pinch at your sandals
Years go by and hearts start to harden
Those palms and firs that grew in your garden
Are falling down and nearing the rose beds
The roots are shooting up through the tool shed
Those lips and teeth that asked how my day went
Are shouting up through cracks in the pavement

Here comes a feeling you thought you'd forgotten
Chairs to sit and sidewalks to walk on
Oh you had it but oh no you lost it
You understood so you shouldn't have fought it

Here comes a feeling you thought you'd forgotten
Chairs to sit and sidewalks to walk on
Here comes a feeling you thought you'd forgotten
Chairs to sit and sidewalks to walk on


Gosto muito e tenho pena de não ter visto o concerto que deram à pouco tempo no Porto =( Mas tive a minha J' a ligar-me para ouvir algumas músicas! =D Têm músicas tão simples e tão bonitinhas! Love it*

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Tudo de volta à normalidade


Os doentinhos já melhoraram..e vão fazer 2 exames por mim em recurso ! Tadinhos, não tiveram culpa nenhuma, mas esta altura foi péssima para mim.

E hoje há que pôr despertador às 3h da manhã para dar medicações lol viva!


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Maré de azar

Tenho a minha gata internada e hoje o meu cão vomitou 5 vezes. A somar isto ao facto de estar em plena época de frequências, podem imaginar a sorte com que ando.

**

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

=)

Sabem aquelas pessoas com quem nos damos bem tão naturalmente, que podemos estar 4 meses sem falar e sem contacto e quando calha de conversar, a conversa sai de forma tão fluída, como se falássemos todos os dias? Parece que é uma facilidade natural em comunicar, em entender o outro, uma empatia natural... Sinto isso nitidamente com algumas pessoas, enquanto que com outras, parece que se cria uma certa barreira, e que, a conversa não é tão "fácil".

É bom sentir isso =) mesmo com aquelas pessoas que era "melhor" para nós próprios que não fosse assim.

sábado, 6 de novembro de 2010

Momentos musical #6

Capitão Romance - Ornatos Violeta

Não vou procurar quem espero
Se o que eu quero é navegar
Pelo tamanho das ondas
Conto não voltar
Parto rumo à primavera
Que em meu fundo se escondeu
Esqueço tudo do que eu sou capaz
Hoje o mar sou eu
Esperam-me ondas que persistem
Nunca param de bater
Esperam-me homens que desistem
Antes de morrer
Por querer mais do que a vida
Sou a sombra do que eu sou
E ao fim não toquei em nada
Do que em mim tocou

Eu vi
Mas não agarrei

Parto rumo à maravilha
Rumo à dor que houver pra vir
Se eu encontrar uma ilha
Paro pra sentir
E dar sentido à viagem
Pra sentir que eu sou capaz
Se o meu peito diz coragem
Volto a partir em paz

Eu vi
Mas não agarrei


Ornatos! Não podia deixar de pôr uma música deles por aqui, uma vez que foi uma banda que marcou os meus 15-17 anos (apesar de já terem acabado nessa altura) e que ouço com muita frequência mesmo. Assim como os vários projectos dos ex-membros da banda =) Adoro!


quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Exame + eu sou louca

Foi hoje o tão temido exame que falei no post anterior. Os exames começaram às 7.45 da manhã e eu, como calhei em sorteio ser a última a fazer tive...4 horas à espera à porta da sala! Só entrei ao 12h xD

Imaginem uma pessoa a esperar este tempo todo, com nervos, pessoas hiper enervadas à minha volta, pessoas a quem o exame não correu bem, a saírem mesmo tristes da sala.. Eu a tentar manter-me calma e confiante, mas não foi muito fácil. O tempo lá foi passando e, finalmente, é a minha vez! O exame começava por ser a realização de uma anamnese (o que perguntar ao dono durante a consulta, para termos o máximo de informação possível sobre o caso), em 5 minutos. 25 perguntas para escrever em 5 minutos numa folha de papel, algumas não eram tão pequenas assim.

Eu sei que podem pensar que o tempo chega e sobra, porque eu também pensava antes de começar a estudar para o exame. Agora, tentem realmente fazê-lo,com um cronómetro e vão ver que não é nada fácil. Ah, e claro que as 25 perguntas eram decoradas. Ao início estava a tremer imenso, mas lá foi passando, felizmente.

Depois, fui buscar o cão para fazer o exame. E é aí que entra a parte do louca lol Eu estudei com todos os cães de lá, sei os nomes deles e sei distingui-los (são todos da mesma raça, por isso é preciso conhecê-los bem).

Sei os mais máuzinhos, os mais agressivos, os que rosnam, os mais simpáticos, etc. Antes do exame, decidi qual era o que queria escolher. No momento do exame, na altura de ir buscá-lo à boxe, decidi, à última da hora pegar no 1º que visse xD

Resultado, era o joão, um dos mais máuzinhos, que já me mordiscou a mão e que rosna. Não quis saber e peguei nele na mesma, pus a trela e lá o levei. Mesmo antes de entrar olhei para ele, fiz uma festinha e disse : vá lá, vais-te portar bem.. Para o meu espanto, ele portou-se lindamente! Como nunca se tinha portado nos treinos, nem nas aulas =0 foi mesmo espectacular..

O exame correu relativamente bem, fiz um ou outro erro, mas nada de muito grave e pronto, estou bem mais aliviada =) e muito contente com o joãozinho!


beijoca*

domingo, 31 de outubro de 2010

xD

Isto é o que eu NÃO posso fazer no meu exame de smac (semiologia médica de animais de companhia), que é basicamente a simulação de uma consulta de uma ponta à outra (com os cães beagles lá da faculdade), verificar se o animal está numa situação de emergência, fazer uma anamnese geral, fazer um exame geral completo, "fingir" que o animal tem algum problema e tentar chegar ao seu diagnóstico mais provável através da realização de um exame dirigido..tudo isto em 11 minutos!! Acreditem, é pouco..tem de ser feito tudo a correr..
O meu exame é na 4a às 8h e estou bastante nervosa e com medo de errar alguma coisa muito importante (há certas coisas que se falharmos somos logo reprovados..mesmo que o resto do exame esteja perfeito. É o que o meu professor chama de "objectivos tipo A"). E pronto, este fim de semana foi passado na minha faculdade a estudar com os cães e agora vou rever melhor a teoria.. façam figas por mim!

beijinho e bom haloween, para quem festejar..eu cá fico no quentinho a estudar.

sábado, 30 de outubro de 2010

Momento musical #5

A hard day's night - The Beatles

It's been a hard day's night, and I've been working like a dog
It's been a hard day's night, I should be sleeping like a log
But when I get home to you I find the things that you do
Will make me feel alright

You know I work all day to get you money to buy you things
And it's worth it just to hear you say you're gonna give me everything
So why on earth should I moan, 'cause when I get you alone
You know I feel okay
When I'm home everything seems to be right
When I'm home feeling you holding me tight,tight,yeah
It's been a hard day's night, and I've been working like a dog
It's been a hard day's night, I should be sleeping like a log
But when I get home to you I find the things that you do
Will make me feel alright

Owwww


But when I get home to you I find the things that you do
Will make me feel alright
When I'm home everything seems to be right
When I'm home feeling you holding me tight,all through the night,yeah

It's been a hard day's night, and I've been working like a dog
It's been a hard day's night, I should be sleeping like a log
But when I get home to you I find the things that you do
Will make me feel alright
You know I feel alright



Beatles são Beatles =) Provavelmente uma das bandas que me lembro de ouvir desde muito muito pequena, porque os meus pais como adoram, ouviam muito os discos. Tenho de recordações (e vídeos =P) de ter 2/3 anos e estar a cantar e a dançar ao som de algum clássico dos escaravelhos! Além de que esta música descreve muitos dos meus dias, em que trabalho, não como um cão, mas como uma cadela =D

beijocas e bom fim de semana!

Ps: lembrei-me agora que cadela, em inglês, é bitch xD ou seja: It's been a hard day's night, and I've been working like a bitch! ahah

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Nota breve

A autora deste blog precisava de estar 2 dias seguidos a dormir para recuperar todo o cansaço que sente. Isto está complicado. Mas como isso não é possível e eu prometi queixar-me menos, toca a aguentar. Um bocadinho mais exausta ou um bocadinho menos vai dar ao mesmo.

Beijinhos da menina =)

domingo, 24 de outubro de 2010

Coisas estranhas #1

Há um fenómeno muito estranho que verifico há alguns anos. É o seguinte: a maior parte das pessoas acham o seu trabalho/curso mais cansativo,mais exigente, mais difícil que o trabalho/curso do vizinho (e quando digo do vizinho, digo dos amigos, familiares, ect etc). É mesmo raro não ser assim! E contra mim falo, que muitas vezes também caio nessa tendência, até pensar um bocadinho e verificar que, na maior parte das vezes nem é bem assim.

Não digo que não haja trabalhos/cursos onde se tem maior tempo livre ou que não sejam tão puxados, mas mesmo assim, a maior parte das pessoas tem tendência a pensar: oh, de certeza que não fazem tanto como eu, antes mesmo de se darem ao trabalho de saber como é o dia dessa pessoa. É o desvalorizar o que a pessoa fez, antes mesmo de saber ao certo..(já me disseram coisas do género, em alturas que trabalhei imenso, claro que irrita!)

Agora também digo que já ouvi situações ridículas do género de alguém me dizer "ai estou exausto!" e eu perguntar "a sério? o que fizeste hoje?" e essa pessoas responder algo do género "acordei às 9h, fui para a faculdade às 10h e tive aulas até às 16h! Foi muito mau.." E eu pensar "humm, eu acordei às 6.30 e cheguei às 19.30 a casa..parece que está a gozar comigo!" lol

Resumindo e concluindo, aquilo que eu acho é que, independentemente do trabalho/curso em que a pessoa estiver, é preciso respeitar e, antes de estar a "julgar" o que a pessoa fez, tentar perceber primeiro e não estar a falar de cor e salteado.

Tenho dito!


sábado, 23 de outubro de 2010

Momento musical #4

Só te falta seres mulher - B Fachada

Se vamos juntos passear
O olhar faz parecer vão o que eu disser
Se te provoco com o que à noite te fiz, sorris

Já só te falta seres mulher.

Dou-te um abraço e vai-se o embaraço
E em pouco espaço vou dar-te aquilo que eu quiser.
E eu quero tanto
Qual não foi o meu espanto
Pelo teu encanto

Só te falta seres mulher.

Faça eu o que fizer não vou fazer de ti uma mulher.

Eu posso até querer entregar-me
Lançar-me a ver aquilo que vier
Mas eu gostar da tua masculinidade é maldade,
A merda é só não seres mulher.

É que tu tens o charme para poderes virar-me
Sabes conquistar-me
Dás-me a lascívia de talher como dizer-te então
Tens escrito "homem" no coração
E infelizmente querido
Eu, perdão, só me apaixono por mulher

Faça eu o que fizer não vou fazer de ti uma mulher.


Não, com este post não me estou a assumir como lésbica xD Nada contra, é claro..Simplesmente adorei esta música desde o 1º momento em que a ouvi (para aí há um ano)e, aliás, gosto de quase todas do B Fachada =) Passam muitas vezes no meu i-pod, nas viagens de bus/metro/carro etc..

Bom fim de semana a todos!


terça-feira, 19 de outubro de 2010

E eu ainda me queixo..

Tenho um colega que, além de estar a fazer o mesmo curso que eu, é enfermeiro e está a tirar o doutoramento em enfermagem! Apesar de não ir a todas as aulas, já viram?! Eu fico chocada..como é que é possível, tendo em conta que ele vai muitas vezes de directa para as aulas (quando faz turno da noite), aguentar tudo ao mesmo tempo!

Tendo em conta que este 3º ano é de doidos..por exemplo, amanhã vou ter de acordar por volta das 5.30, para estar na faculdade às 6.45, para passear os cães de lá e só chego por volta das 20h a casa (porque vou para vairão) e tendo em conta que quase só ponho os pés em casa para jantar e dormir e que, mesmo ao fim de semana, tenho passado o tempo todo em casa a estudar e a fazer coisas para a fac, imaginem alguém que trabalha ao mesmo tempo!

É por isso que, para mim, todos os trabalhadores estudantes têm o maior mérito do mundo e são os meus heróis! lol A minha mãe também tirou um curso, enquanto trabalhava e ao mesmo tempo dona de casa com 2 filhos (o que ainda piora as coisas lol)..

Moral da história: Fiz este post porque realmente admiro imenso estas pessoas, a capacidade de trabalho e organização e a motivação para continuar a fazer tudo e, nos casos que conheço, além de fazerem, fazem bem =)
É por isso mesmo que prometo que me vou começar a queixar menos em relação a cansaço e pouco tempo..Por muito pouco tempo que tenha, há sempre quem esteja bem pior que eu. (aliás, é assim em tudo) e tenho exemplos bem próximos disso.

beijinho*

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Show time!

ZELIG AO VIVO NA CASA DA MÚSICA -
Vou hoje ouvir Zelig (banda composta por o Peixe, ex membro dos Ornatos violeta, para quem não conhece, outros músicos dos Pluto, entre outros.. ) na casa da música e vai estar outra grande celebridade em palco (cof cof), o meu irmão com a Orquestra Orff a que pertence =) Parece-me que vai ser giro!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Novidades fresquinhas!

2a feira: fiz uma radiografia ventro-dorsal (trocado por miúdos quer dizer que tiramos o r-x com o cão com a barriguinha para cima) e fizemos a sua revelação manual, que por acaso fui eu que fiz, do meu grupo. Foi giro e ficou direitinha! Infelizmente encontrarmos um nódulo no pulmão do cão, que ainda é preciso estudar para ver o que é ao certo.

3a feira: Trabalhei com cocaína e procaína, na aula prática de farmacologia lol para ver os seus efeitos como anestésicos locais, em cobaios (porquinho-da-índia). São mesmo fofinhos, mas tem de ser..e não ficam com nenhum tipo de lesão depois da experiência e em seguida são para adopção.. Qualquer dia escrevo um post em relação ao uso de animais em laboratório.. A verdade é que há muita gente contra, coisa que eu não sou, uma vez que se não fosse assim, não havia testes para fazer medicamentos para humanos e estaria tudo muitooo menos desenvolvido. Adoro as pessoas que se põem completamente contra e não se lembram que, se assim não fosse, não tomavam um antibiótico quando estão doentes, anti-inflamatório, etc. Ah, já para não falar que chegam a casa e comem grande bife -.- também são animais, já agora.. (foi só um pequeno desabafo)

4a feira: É o dia pior de todos. Todas as 4as feiras, além de andar o dia todo a correr, faço sempre uma necrópsia (autópsia é em pessoas, necrópsia é o mesmo só que noutra espécie, sem ser em humanos). E, acreditem em mim, é a coisa mais nojenta de sempre. Como, aliás, as autópsias também o são.. O animal é completamente "investigado", ou seja, abrimos tudo. Tirar pele, algum músculo, abrir orgão a órgão..tudinho. E usam-se facas que parecem de talhante, enfim.. Na 1a (a semana passada) confesso que fiquei em estado de choque! Juro..eu quase nem reagia lol Era tão horrendo, que estava especada a olhar. Esta semana já fiz algumas coisas, abri alguns órgãos e já não me fez tanta impressão (graças a deus, que o meu exame é fazer uma necrópsia completa, em grupos de 3 pessoas. Sendo que a avaliação de uns, depende das notas dos outros). Por isso, acho que aos poucos vou lá..

5a feira: Tivemos a aprender algumas coisas sobre fios de sutura, agulhas, etc..Mas ainda não começamos a suturar..Oh =( era para ser hoje..
E ainda vou hoje à noite estudar para o Icbas com um colega, com os cães de lá.. só faltam 2 semanas para o exame prático =S e não é nada fácil..

E é tudo por hoje!

beijocas*

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Momento musical #3

Somewhere over the Rainbow - versão da série Glee


Ooooo oooooo oooooo...

Somewhere over the rainbow
Way up high
There's a land that I dreamed of
Once in a lullaby...

Somewhere over the rainbow
Skies are blue
And the dreams that you dare to dream
Really do come true...

Oh, Someday I'll wish upon a star

And wake up where the clouds are
Far behind me...
Where troubles melt like lemon drops
High above the chimney tops
That's where you'll find me...

Oh, somewhere over the rainbow
Bluebirds fly
Birds fly over the rainbow
Why, then, oh, why can't I...?

Sempre adorei esta música (foi uma das músicas que foi tocada no casamento dos meus pais, mesmo na igreja, por um grupo de amigos da minha mãe do conservatório =') ) e esta versão com a guitarra e o cavaquinho (não tenho a certeza), adoro! E quem a canta é bem giro também =P


sábado, 9 de outubro de 2010

Eu e os meus animais #1


Todos os dias a mesma rotina :

- Mal me levanto de manhã, seja dia de trabalho ou seja fim de semana, ao mínimo barulho que faça, o meu cão começa a chorar. Não pára até eu ir ter com ele e fazer sempre o mesmo ritual: ele salta para cima do meu cólo (sim, ainda é grandinho, mas pronto há que aguentar quase 20 kilos), dá-me uma lambidela na cara e estou para aí 5 minutos a fazer-lhe festas. E pronto, lá fica sossegado. Já percebi que todas as manhãs ele está à espera dessa rotina, não há grande hipótese aqui da menina se levantar depois das 8h, mesmo ao fim de semana. Não que eu me importe muito, uma vez que tenho mesmo de me levantar cedo para estudar e coisas que tais ;)

- Em seguida, vou ver onde está a minha gata. Geralmente ou dorme no cestinho dela , ou então perto do quentinho da zona das máquinas da cozinha, num cesto que também está lá, apesar de não ser dela. Mal chego ao pé do sítio onde dorme, começa a rebolar-se e a miar da forma mais fofinha que há. Pego nela ao cólo, e lá vem o meu cão todo ciumento ter comigo, porque não gosta lá muito que eu esteja com a atenção toda na gatinha. Acabo por fazer umas festinhas aos dois ao mesmo tempo e pronto, posso ir arranjar-me e vestir-me para mais um dia que acaba de começar!

É exactamente por este tempo extra, que ponho sempre o despertador para mais cedo do que precisava..

Esta rotina é a melhor coisa que eu podia ter para iniciar o dia de forma mais calma e feliz =)

Acontece-me acordar mais chateada e de mau-humor...depois disto, já sei que fico sempre, nem que seja só um bocadinho, melhor.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Amor é isto.


Acho este vídeo super querido =) Vejam!

ps: o sorriso do menino é tão giro =D

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Ajuda pf

Alguém que perceba mais do blogger do que eu pode-me explicar por favor, porque é que não consigo pôr cores nos meus posts?

Obrigada!

**

domingo, 3 de outubro de 2010

Momento musical #2

Aurea - Okay, alright.

it's time to take a deep breath
close your eyes and let yourself go
slow

there's a long and open road
laying on my way now
i don't need to stop and think about it
'cause my heart will guide me through

you don't need to promise me the moon
just sit with me and watch the moonlight
then every little star will sing this song
and if you feel good, come on
just sing along

i'm okay, i'm alright
i got good fellings on my mind
i'm okay, i'm alright
with you (bis)

love is like a tiny sparrow
you can't hold it on a cage no no you can't
it flies free through the morning breeze
only guided by a wild warm heart

'cause you don't need to promise me the sky
just sit with me and watch the sunrise
set yourself free and breathe deep inside
and while you do that, come on
just sing along

come on now

i'm okay, i'm alright
i got good fellings on my mind
i'm okay, i'm alright
with you (bis)

i'm okay
i'm alright

i'm okay, i'm alright
i got good fellings on my mind
i'm okay, i'm alright
with you (bis)

i'm okay
i'm alriht
i'm okay
i'm alright
i'm okay

É a música que está no player e a seguinte também é dela. Vi uma reportagem na tv sobre ela e adorei a voz, temos nova Amy Winehouse, mas desta vez portuguesa! =P

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Tem toda a razão xD

"Vocês nesta altura, em vez de ajudantes são atrapalhantes!" (ler com sotaque brasileiro) By prof de semiologia cirúrgica.

ps; para a semana vou assistir à minha primeira cirurgia, que vai ser ortopédica, feita pelo meu prof, o que referi em cima =)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Uma correria total

Ainda agora começou e eu não páro um segundo. Sempre a correr para ter aulas aqui, e depois já é noutro sítio, depois é em vairão (vila do conde) que ainda fica bem longe..

E com um horário em que:
- Não tenho nenhuma manhã nem tarde livre;
- Entro 3 dias por semana às 8h, ou seja, 3 dias por semana acordo às 6.40h;
- Neste momento ainda só vou 2 vezes por semana para vairão, a meio do semestre passo a ir 4.
- Saio sempre por volta das 17h; Algumas vezes de vairão, ou seja, mais cerca de 1h30/2h de transportes até casa.
- Alguns dias praticamente não tenho tempo para almoçar, como amanhã, que saio às 13h e tenho metro às 13.08 para ir para Vairão.

E depois claro, chego a casa a esta hora (cheguei mesmo à pouco) e tenho montes de coisas para estudar/fazer para aí até à meia noite/1h!

Sabem qual é a grande vantagem disto tudo? Além de eu gostar do que faço e não me custar tanto como se não gostasse ou se gostasse menos, desde que comecei o semestre (há 3 semanas) emagreci quase 3 kilos. xD

Correr assim é no que dá! (e não me importo nada =P desde que não seja excessivo)

beijoca*

ps: estou com uma costipação gigante há uns dias, o que não facilita muito em termos de energia para fazer isto tudo.