terça-feira, 14 de abril de 2009

Revisão de traje



Já passou quase a minha vida de caloira toda (e as saudades já são mais que muitas), na primeira semana de Maio lá acaba..Hoje foi a revisão do traje académico a ver se estava tudo bem: peças sem etiquetas, nem marcas à vista..saia pelo joelho, casaco não cintado..enfim, pelo que vi ficou tudo direitinho, agora é esperar 15 dias pela serenata para o usar =)
Aii o espírito académico outra vez em alta, como gosto disto..
Só não percebo uma coisa: aquelas pessoas que não ligam nenhuma à praxe, não querem saber nada destas coisas e depois aparecem na mesma em algumas situações só para dizer que apareceram. Gostava de saber se o traje vai ter algum significado para essas pessoas e se não vai ter..para quê dar-lhe importância pessoal??
beijo*

8 comentários:

Daisy disse...

concordo plenamente ktg....
lg eu k smp adorei a vida akademika e k por mim....paxava la o resto d vid =D....enfim
bjs...visita-m s kizeres =)

Maria disse...

EU sou a favor de que quem não vai á praxe, não deveria usar o Traje.. O traje só tem significado assim...

beijinho.

'S disse...

Viva o espirito académico no seu melhor! Viva o convivios, as farras, a mão no ombro da amiga que conhecemos na praxe que nos consola quando alguma coisa nao corre bem e akele beijo na bochecha qd tiramos 9,45! Como se fará uma vida académica sem isto? Tudo na vida tem aquele sabor a um equilibrio q.b. não se percam demais!Nem 8 nem 80, Vivam ;)

Beijooo*

'C. disse...

eheh. eu vou comprar o meu traje no fim deste mês. ainda nao sei quando vai ser o meu enterro, mas vai concerteza ser uma grande festa. nada melhor que um bom espírito académico :D

Beijinho

PsiPages disse...

Durante a minha vida académica também pensei assim... Mas a idade tornou-me menos 'radical' e percebi que para algumas pessoas o traje pode ter um significado diferente daquele que eu dava.
O importante é que te divirtas muito e que aproveites ao máximo esta fase da tua vida.

Beijinhos e pelo que li, parece-me que não te esqueceste de nada em relação ao traje :)

Shakti disse...

Sempre usei o meu traje com orgulho..mas também adorei as praxes,por isso não te posso responder ...

bj

CG disse...

Eu não tive praxe porque só me chamaram para preencher uma vaga que ficou em aberto em finais de Novembro =/
Ainda não tive oportunidade de comprar o meu traje, mas sinto-me no direito de o usar quando for altura disso.
Big Kisses

Anónimo disse...

Querida, esqueceste-te de verificar a altura do tacao..nao mais alto que quatro dedos.
Olha eu nao fui praxada, e passo a explicar: quando fiz as matriculas ninguem andava a praxar na minha faculdade, depois no primeiro dia de aulas"nao oficial" os veteranos levaram-nos para a frente da reitoria, gritaram connosco, insultaram (o nao habitual de praxe, ou seja, passaram dos limites), meteram-nos de quatro e o restante. nos dias seguintes ou ias a praxe ou as aulas, e na minha faculdade levas falta nas aulas.A praxe cessava as horas vagas tais como horas de almoco, e nao eram nada de especial, ou seja, faltavas as aulas com falta marcada e ias em escurssao por lisboa a gritar sou um animal e nem te riscavam..enfim, nao teve piada, e nos que queriamos ser praxados! depois ha os otarios que xegam as aulas a dizer que foram praxados no dia anterior(fim de semana)a noite e que ja podiam trajar. enfim um monte de desculpas, mas acabaram por se infiltrar no baptismo..eu ca so compro o traje amanha e vou trajar! nao porque sai do meu bolso mas pq e o meu direito como estudante! mas sinceramene as vezes penso que sera mais util doar o dinheiro do traje a uma instituicao que precise, como as protetoras dos animais, vale mais o dinheiro e eles precisam.