sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Codex 632


Acabei hoje de ler o Códex 632!Gostei bastante do livro, da toda a carga histórica que envolve a ficção, as informações detalhadas sobre a época dos Descobrimentos, a descoberta de múltiplos códigos...Um livro que nos envolve do início ao fim, a curiosidade de saber o que virá a seguir na investigação..

Deixo aqui um pequeno resumo tirado deste site: A mensagem enigmática foi encontrada por entre os papéis que um velho historiador deixara no Rio de Janeiro antes de morrer.

Tomás Noronha, professor de História da Universidade Nova de Lisboa e perito em criptanálise e línguas antigas, foi contratado para descodificar esta estranha cifra. Mas o mistério que ela encerrava revelou-se para além da sua imaginação, lançando-o inesperadamente na pista do mais bem guardado segredo dos Descobrimentos: a verdadeira identidade e missão de Cristóvão Colombo.

Baseado em documentos históricos genuínos, O Codex 632 transporta-nos numa surpreendente viagem pelo tempo, uma aventura repleta de enigmas e mitos, segredos encobertos e pistas misteriosas, aparências enganadoras e factos silenciados, um autêntico jogo de espelhos onde a ilusão disfarça o real para dissimular a verdade.

«Tomás apercebeu-se de uma folha solta, duas linhas firmes, quatro palavras redigidas com inusitado cuidado, as letras rabiscadas em maiúsculas, pareciam rasgar o papel, a caligrafia revelando contornos obscuros, insinuantes, como se encerrasse uma arcaica fórmula mágica, criada por antigos druidas e esquecida na névoa dos séculos. Quase irreflectidamente, sem saber bem porquê, como se obedecesse a um velho instinto de historiador, aquele sexto sentido de rato de biblioteca habituado ao mofo poeirento dos velhos manuscritos, inclinou-se sobre a folha e cheirou-a; sentiu emergir dali um odor arcano, um aroma secreto, uma fragrância transportada por um mensageiro do tempo. Como um encantamento esotérico, que nada revela e tudo sugere, aquelas palavras indecifráveis exalavam o enigmático perfume do mistério.

Agora segue-se o próximo do José Rodrigues dos Santos :"A fórmula de Deus"

Ps: Hoje o dia foi passado no Aquashow, a andar em todas as diversões lol estou toda partida!

3 comentários:

Shakti disse...

Sou muito suspeita pois sou fã da escrita do José Rodrigues dos Santos .
Li já todas as obras dele e adorei !

Vais gostar imenso da Formula de Deus , que embora tenha uma carga histórica diferente do Codex, dá umm pouco de continuidade à vida de Tomás Noronha !!!!
E mais não digo senão fuzilas-me ...LOL

bjs

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Como vc gostou, acho que vou ler o livro.
Fiz um post sobre um filme que considero bastante feminino. Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Vida de Praia disse...

Que bom ter tempo para ler e curtir a vida! Aproveita!